Anselmo Ralph e Madlice Cordeiro mostram-se insatisfeitos com a mafia angolana

Revista Online Petalas De Angola foi criada para levar até si o melhor do entretenimento, as melhores noticias, as ultimas feitas das celebridades angolanas e não só, fique ligado e mantem-te informado !

Anselmo Ralph e Madlice Cordeiro mostram-se insatisfeitos com a mafia angolana.

O cantor Heavy C já havia falado disto e frisou que este foi um dos motivos que o fez deixar a musica, Chegou a vez do casal Anselmo Ralph e Madlice Cordeiro mostraram-se insatisfeitos com a atitude de alguns artistas angolanos e desabafaram frente as câmeras do Programa Zap News, do Canal Zap Viva.

Em conversa com o apresentador, Daniel Nascimento ontem, 21 de Dezembro, no programa Zap News, enquanto responsável pela produtora “Bom Som” Madlice foi questionada se acha que houve uma tentativa de retirar a importância do Anselmo em Angola por causa do seu sucesso em Portugal, a empresária respondeu:

” Com certeza, afirmo isto sim. Tanto é que recebi algumas mensagens na fase da promoção do CD “Amor é Cego” que diziam que a promoção estava muito fraca que o Anselmo já não era o mesmo, mensagens vindas de alguns colegas e produtoras musicais. Claro que não foram todos, mas a maioria sim”.

Madlice citou ainda algumas produtoras como exemplo para falar da relação que reina entre a Bom Som e os outros fazedores de música no mercado nacional.

” Das produtoras que conheço são a Step Music, Ls Republicano, Arca Velha e Milionário Records. Em relação a Step eu respeito o trabalho de todas as produtoras e procuro me dar super bem com eles porque para mim não adianta estar a fazer confusão com a Carina, com o Nino e tudo mais e não tenho problemas com nenhum deles, mas as pessoas tentam banalizar os artistas da Bom Som na pessoa do Anselmo e os outros artistas. Não é por ser meu esposo, o Anselmo Ralph ou por ser da Bom Som, mas Eu acho que as pessoas têm que reconhecer…

Madlice foi interrompida pelo seu esposo que também apresentou a sua insatisfação recordando um dos seus feitos que ficou marcado na sua história e também da música angolana.

Foi a primeira vez que um artista africano foi convidado à tomada de posse por um presidente Europeu, antes de ir eu passava por alguns colegas e ficavam como se nada aconteceu, também não estava a espera que me dessem os parabéns, mas quando aconteceu o evento e eu caí, todos os colegas com quem me encontrei perguntavam o quê que aconteceu aí? Se não consegue referenciar o bem vai referenciar o mal porquê?” Questionou o músico muito insatisfeito e lançou um repto. “Precisamos dar de César o que é de César e não tentar empurrar títulos as pessoas devemos contar a história tal como é”.

No decorrer da conversa, Anselmo foi interrogado pelo apresentador se sente que os seus colegas lhe foram ingratos e precipitadamente Madlice respondeu pelo esposo, “Sim!”

Ralph olhou para a sua companheira a sorrir timidamente parecendo que não era o que pretendia responder e acabou por dizer sim, alguns e aproveitou para agradecer ainda a homenagem que recentemente lhe foi prestada pelo grupo de humoristas Os Tuneza e sublinhou que é de artistas como o grupo que Angola precisa.

Anselmo Ralph e Madlice Cordeiro mostram-se insatisfeitos com a mafia angolana.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *