Jovem morto a catanada na estalagem.

Mateus João Rodrigues, 21 anos, foi morto com golpes de catana, na Estalagem, munícipio de Viana, em Luanda, por questionar a razão que levou um grupo de jovens e adolescentes a arremessar pedras e paus em sua residência.

De acordo com Zidane Domingos, amigo do falecido, por volta das 17 horas, grupos de malfeitores denominados “M1 TC” e “Grupo ta falar e ta fazer”, irromperam na rua e começaram a arremessar objectos contundentes nos quintais e a pessoas que encontrassem.

A Polícia Nacional foi accionada e rapidamente dispersou os insurgentes. Durante a fuga desordenada, Mateus apareceu na área onde estavam os marginais que o reconheceram. A partir daí, foi agredido.

Primeiro recebeu um golpe na cabeça, depois no pescoço, tendo minutos depois caído inanimado, contou Zidane Domingos, referindo que acto contínuo os algozes de Mateus João Rodrigues ainda tiveram tempo de o arremessar com blocos, pedras e outros objectos contundentes até acabar com a vida.

A família pede justiça e atribui o infortúnio à falta de interesse da Polícia Nacional, uma vez que os marginais estão devidamente identificados.“São miúdos daqui da zona que fizeram isso.

Se não forem punidos de forma exemplar, vamos continuar a perder jovens por situações evitáveis, disse.

Jovem morto a catanada na estalagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui