Isabel Dos Santos perdeu 1.6 biliões de dólares em 2020 e o titulo de bilionária.

A filha do ex-presidente de Angola acumulou riquezas por meio de fraude e lavagem de dinheiro, afirma um tribunal angolano. Para recuperar o que foi saqueado, o governo congelou seus bens. As autoridades portuguesas seguiram o exemplo.

Oito anos atrás, a Forbes declarou Isabel dos Santos a mulher mais rica da África, com valor estimado em US $ 3,5 biliões.

A filha do ex-presidente de Angola ficou imensamente rica em um caso clássico de como saquear um país. Agora, com seu pai fora do cargo, seu império é uma sombra do que já foi, com acusações de corrupção lançadas contra ela por seu país, bens congelados por tribunais em três países diferentes e uma acção judicial reivindicando centenas de milhões de dólares em dívidas não pagas em um quarto país.

A Forbes presume que ela não tem acesso e provavelmente não tem chance de recuperar o controle dos activos congelados – juntos valem cerca de US $ 1,6 bilião se não forem congelados – então não damos a ela nenhum valor por eles e pelos nossos cálculos ela não é mais bilionária.

Como resultado, a Forbes retirou Dos Santos, que valia cerca de US $ 2,2 biliões em Janeiro de 2020, de nossa lista recém-lançada de 2021 das pessoas mais ricas da África.

A antiga “princesa” africana não é de forma alguma uma mendiga. Ela tem uma casa em uma ilha particular em Dubai, outra residência em Londres e um iate de $ 35 milhões.

Ela provavelmente tem contas bancárias e activos que a Forbes e as autoridades legais ainda precisam rastrear.

Diz-se que ela está dividindo seu tempo entre Dubai – onde seu marido, Sindika Dokolo, morreu em um acidente de mergulho em Outubro – e Londres, onde o funeral de Dokolo foi realizado em Novembro na Catedral de Westminster.

Por meio de um porta-voz, Dos Santos não quis comentar.

Isabel Dos Santos perdeu 1.6 biliões de dólares em 2020 e o titulo de bilionária

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui