Gato de CR7 enviado para a Espanha em jato privado, após ser atropelado

0
223
Gato de CR7 enviado para a Espanha em jato privado, após ser atropelado

Gato de CR7 enviado para a Espanha em jato privado, após ser atropelado.

As notícias do futebol de Cristiano Ronaldo na Juventus são impecáveis. Mas, além de brilhar nas diferentes cortes do mundo, há um problema que o preocupa: a saúde de Pepe, seu gato. O emblemático mascote dos portugueses sofreu há pouco mais de um mês e meio um acidente onde reside, em Turim, Itália.

Conforme noticiado por diversos meios de comunicação na Europa, o famoso gato, a quem Georgina Rodríguez (parceira do CR7) costuma dedicar muitos posts em sua conta do Instagram, fugiu da casa onde moram em Torino e foi atropelado por um carro no início do ano.

A verdade é que o animal sofreu ferimentos graves e, desde então, recebe cuidados intensivos na Itália. Mas como não houve grandes avanços, a dupla de Cristiano decidiu que o tratamento continuaria na Espanha e a transferência foi feita no luxuoso avião particular do jogador.

Gato de CR7 enviado para a Espanha em jato privado, após ser atropelado

O aluguer do navio tem um custo de cerca de três mil euros, de acordo com a Cadeia Cope Espanhola. E a ideia é que Pepe continue seu tratamento em Madrid e que, quando estiver totalmente curado, seja enviado de volta à Itália pelo mesmo meio de transporte.

“Ele estava à beira da morte e depois de um longo tempo de tratamento intensivo no veterinário, decidimos que minha irmã Ivana deveria cuidar dele na Espanha”, explicou Georgina à revista espanhola InStyle.

O gato “esfinge ou esfinge” (uma raça muito exclusiva visto que existem apenas oito desses animais no mundo) faz parte do clã Ronaldo tanto em casa como nas viagens em família. Quando descobriram que seu nome era Pepe, muitos o relacionaram com o zagueiro português, que era seu companheiro de equipe no Real Madrid.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here